Veterinário Mirim e Biocientista Mirim: ações do Projeto Rondon SP

Em janeiro, equipe do  Projeto Rondon SP formada por alunos do Instituto de Biociências (ICB) e Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ), ambos da USP, apresentou dois projetos nos municípios de Nova Campina e Taquarivaí; o Biocientista Mirim e o Veterinário Mirim, voltados para professores.  No primeiro, as crianças do Ensino Fundamental de escolas públicas  são incentivadas a desenvolver pensamento crítico científico, partindo do desejo de fazer ciência, da desmistificação de termos e mitos científicos, trazendo esses alunos para uma realidade mais palpável do que é criado e discutido na bancada de um laboratório de pesquisa. 

No segundo, o foco é na conscientização e educação sobre posse responsável de animais de companhia, transmissão de zoonoses e bem-estar animal, voltado para crianças do ensino público infantil e fundamental. 

Ações

A equipe formada pelos graduandos da FMVZ-USP  Bianca Nakadonari, Marcela Collaneri Carrilho e Stefanie Senna Poblete, e do ICB-USP Carolina Albino,  com a supervisão da professora Ana Márcia de Sá Guimarães, também do ICB-USP, capacitou  30 professores do Ensino Fundamental em Nova Campina e 60 do Ensino Infantil ao Fundamental II em Taquarivaí para formarem veterinários mirins.

Os professores receberam informações sobre posse responsável, bem-estar animal e zoonoses como raiva, esporotricose, toxoplasmose, leptospirose e foi discutida a relevância do papel dos professores como agentes de mudança nas condições sociais e políticas públicas da cidade, em relação a população de cães e gatos. Também receberam apostila com o conteúdo apresentado e sugestões de atividades.

Biocientista Mirim

Os professores conheceram o projeto e receberam duas atividades que podem ser desenvolvidas com alunos do ensino fundamental como  a utilização da animação “O mundo da Ciência”, que pode ser conferida aqui e também receberam informações sobre o conceito de hipótese; associação causal e não causal; o que é o DNA; e como a ciência pode auxiliar na resolução de crimes, além de informações detalhadas sobre mitos e verdades sobre vacinas. A equipe foi formada pelas alunas do ICB-USP Bruna Nakanishi, Carolina Albino e Paula Canôas.

A ação resultou na implementação do Projeto na escola.

Saiba mais sobre o Projeto aqui.

Confira as fotos das ações em  Nova Campina e em Taquarivaí

Anúncio_Alumni_USP
  • 1
  • 535
  • 187
  • 239.818